CRÍTICAS, ANÁLISES, IDÉIAS E FILOSOFIAS EM GERAL A RESPEITO DE FILMES DE HORROR DE TODAS AS ÉPOCAS, NACIONALIDADES E ESTILOS, E MUITAS OUTRAS COISAS RELACIONADAS AO GÊNERO

quinta-feira, 25 de março de 2010

O Morcego Vampiro (1933)


   Fay Wray, a primeira rainha do grito do cinema, marcou seu nome no horror aparecendo em apenas meia dúzia de filmes do gênero, realizados entre 1932 e 34. O Morcego Vampiro (The Vampire Bat, 1933) não é tão popular quanto King Kong, mas é um de seus filmes mais divertidos. Um vilarejo alemão é aterrorizado por uma série de mortes misteriosas, atribuídas pelos supersticiosos moradores do local a ataques de morcegos vampiros. O policial que investiga o caso não acredita na existência do sobrenatural e tenta capturar o assassino, o qual está bem mais próximo do que ele pode imaginar.
   Produção barata da Majestic Pictures, com desenvolvimento bastante previsível, mais um exemplar do gênero abordando o surrado tema do cientista que pesquisa a vida eterna sem medir as consequências. Fay Wray está linda como sempre e Dwight Frye (o melhor Renfield das telas), mais uma vez, faz o papel de louco. Para ver o filme, use o navegador Internet Explorer.

11 comentários:

  1. Credo Primati, isso foi mais rápido que pensamento! Tinha comentado a respeito do filme nuns post atrás e minutos depois, pow! Você o coloca aqui! Thanx!

    ResponderExcluir
  2. Pô, Blob, postei o filme justamente porque você comentou que queria vê-lo! Clica no vídeo, bota tela cheia e curta o filme aí! Só ficam faltando as legendas, mas não é nada tão complexo que não dê para entender (caso você não domine o inglês!). E o filme só tem 60 minutos; é diversão garantida! Espero que curta!

    ResponderExcluir
  3. Este filme foi lançado aqui em sessão supla num dvd que por sinal, veio baratinho... também pudera, um público como o daqui que é movido a blockbost..., perdão, block busters, dificilmente compra dvds desse tipo, ainda mais, se for caro. Eu, fã de carteirinha da Fay adquiri logo que o vi.

    ResponderExcluir
  4. Assisti o filme. Sofri um pouco com o idioma, mas, no fim deu para entender.
    Bacana!
    A Fay Wray tá com um jeitinho de ninfeta. Nossa...

    ResponderExcluir
  5. Poxa, que legal, acho que é a primeira vez que alguém assiste um filme que posto aqui! Já valeu a pena, hehehe...

    O problema de filmes muito antigos é que nem sempre o áudio é nítido, o equipamento da época nem sempre garantia que os diálogos ficassem perfeitamente inteligíveis. Mas assistir filmes em inglês sem legendas é um ótimo exercício de treinar o idioma!

    ResponderExcluir
  6. É verdade, Carlos
    O som é bem deficiente, o que é compreensível e como meu inglês é fraco, sofri um pouco.
    Mas, valeu a pena!
    Tenho que treinar bastante.
    Seu blog é legal à beça, Carlos

    Nese exato momento estou num site admirando dezenas de fotos da Fay Wray.
    hehehe

    ResponderExcluir
  7. Que bacana que você está gostando, Vladi! Há coisas bacanas o bastante dentro desse tema - o horror - para manter o interesse sempre, e farei o possível para encontrar coisas novas!

    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Caro Primati, eu estava preparado para ver esse filme no sábado passado (com umas providenciais latinhas de cerveja, segundo meus planos), mas por uma série de fatores acabou não rolando. O fato é que só fui vê-lo agora hoje, isto é, acabei de assistir! Realmente, o filme se mostrou melhor que a encomenda! Apesar do plot tipicamente b, conseguiram tirar leite de pedra! gostei muito da ambientação, com cenários funcionais e um climão bacana (que se evidencia já na abertura atmosférica). Destaque maior para a fotografia, com bons movimentos de câmera dando mais agilidade a certas cenas (eu realmente esperava algo mais estático), pode ser que esteja exagerando em meus delírios mas o trabalho de fotografia chegou a lembrar-me, guardando as devidas proporções Karl Freund (há alguns movimentos similares em Drácula de 1931 e principalmente Metrópolis). Sem contar do elemento "Caligariano" do roteiro... Sem contar em Fay Wray bela como sempre. Uma jóia rara do cinema b que merece ser (re)descoberto! Pô, o Cayman afirmou que ele foi lançado por aqui em dvd, bem mais um para caçar... No mais é isso. Sem cansar de ser repetitivo: MUITO OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  9. Blob, sou EU que agradeço por você ter visto o filme, pois o que motiva a continuar vasculhando em busca de coisas bacanas é ter esse tipo de retorno, saber que alguém se dispõe s ver filmes online!

    Confesso que vi esse filme há muito tempo, ainda na época do VHS (aluguei na saudosa Video Factory, em São Paulo), e nunca revi, apesar de ter o DVD importado (o nacional deve ser igualzinho). Fiquei com vontade de rever, para conferir todos esses méritos que você destacou!

    Vou postar mais filmes completos futuramente, para que a galera que visita o blog possa descobrir coisas surpreendentes!

    ResponderExcluir
  10. QUANTUM BINARY SIGNALS

    Professional trading signals delivered to your cell phone every day.

    Start following our trades right now & earn up to 270% per day.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails

Canal Cine Monstro Rock Horror Show!!